quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Satã em Goray prémio Nobel de Isaac Singer editado a 19 de Setembro








Um dos maiores romances da literatura universal, Satã em Goray vê a sua acção desenrolar-se durante o século XVII, na Polónia após os cruéis massacres infligidos pelos cossacos junto da população judia. À pequena aldeia de Goray chega, um dia, a estranha personagem Sabbadai Zevi, que se anuncia como o novo messias. Depois de períodos tão difíceis e ainda a recuperar de perdas irreparáveis os habitantes da aldeia querem acreditar num futuro melhor e daí a serem totalmente cativados pela personalidade magnética de Zevi vai apenas um pequeno passo, apesar dos vãos alertas do rabi. Uma notável galeria de personagens que reflectem todo o espírito de uma época e fazem o retrato do mundo à beira do precipício, quando ao ser humano nada mais sobra que a fé. Uma obra sobre o fascínio dos falsos líderes-deuses, Satã em Goray apareceu em 1935, numa época em que se sentia já a ameaça Nazi pairando sobre a Europa e a figura de Hitler assumia uma preponderância cada vez maior. Poucos meses depois o autor emigraria para os EUA.


Sem comentários:

Publicar um comentário